--> 5 in your template.
quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Em livro, atriz pornô descreve pênis de Trump e diz que ele tentou trapacear a seu favor


O jornal britânico "The Guardian" acaba de pôr mais lenha na já considerável fogueira em que se encontra o governo do americano Donald Trump. O jornal obteve uma cópia do livro "Full Disclosure" ("Revelação Total"), da atriz pornô Stormy Daniels, que afirma ter tido um caso com Trump. Na obra, Daniels revela detalhes do affair, descreve o formato do pênis do presidente, e ainda conta que Trump se ofereceu para trapacear a seu favor em seu reality show "O aprendiz".

No livro, a atriz (cujo nome verdadeiro é Stephanie Clifford) conta que, quando menina, foi abusada sexualmente, e teve a primeira experiência fazendo strip-tease quando ainda estava no ensino médio. Daí para a indústria pornográfica — onde ganhou prêmios como atriz, roteirista e diretora — foi um pulo.

UM "PÊNIS-COGUMELO"

Daniels relata que conheceu Trump num torneio de golfe na Califórnia em 2006. Um dos seguranças dele a convidou para jantar, e logo a atriz estava na cobertura do milionário, tendo relações sexuais com ele. "O pênis dele é menor que a média, mas não absurdamente pequeno", descreve. "Tem uma cabeça enorme, como a de um cogumelo."

Segundo a atriz, a primeira relação sexual com Trump nada teve de agradável. "Fiquei deitada lá, irritada por estar sendo penetrada por um cara com pelos como o do abominável homem das neves e um pênis parecido com o personagem do cogumelo no videogame do Mario Kart...", escreve Daniels. "Deve ter sido o sexo menos impressionante que já tive na vida, mas é claro que a opinião dele foi outra."

Apesar de tudo, a relação continuou. Em 2007, Daniels alega que estava com Trump num hotel vendo o programa "Semana do Tubarão" na TV quando ele recebeu um telefonema de Hillary Clinton, que na época disputava com Barack Obama a indicação à candidatura presidencial no Partido Democrata.
"Ele conversou um bom tempo com ela sobre a corrida eleitoral, falando várias vezes do 'nosso plano', mas toda hora sua atenção se voltava para os tubarões na tela da televisão", lembra. Mais tarde, ela relata que, toda vez que via Trump na TV, pensava "eca, eu transei com essa coisa".

TRAPAÇA NO REALITY SHOW

Volta e meia Trump telefonava para a atriz, que manteve contato com ele na esperança de que cumprisse a promessa que lhe fizera de colocá-la em seu reality show, "O aprendiz". Trump teria inclusive sugerido trapacear a seu favor na atração televisiva de modo que ela pudesse permanecer em mais episódios.

— Vamos arranjar um jeito de lhe passar antecipadamente quais serão os desafios — teria lhe dito Trump. — E podemos combinar como você deverá proceder.
"Ele ia me fazer trapacear, e a ideia foi 100% dele", escreve a atriz.

MEDO COM CANDIDATURA

Em 2016, quando Trump começou a avançar nas primárias para a candidatura a presidente pelo Partido Republicano, ela confessou que achava que ele não ganharia. "Não vai acontecer, ele nem quer ser presidente", dizia a amigas que sabiam de seu envolvimento com o milionário.

Mas Daniels começou a peceber que estava numa posição perigosa assim que ficou claro que ele ganharia a indicação para a candidatura. Por isso decidiu aceitar, na véspera da eleição, um acordo de US$ 130 mil para silenciar sobre o affair. No livro, ela conta que já havia sido ameaçada antes se revelasse o caso, por um homem num estacionamento em 2011 (algo que Trump desmentiu).

Trump nega ter tido qualquer envolvimento com a atriz, embora tenha admitido que reembolsou seu ex-advogado Michael Cohen, pelo pagamento que este fez a Daniels para não revelar o caso. G1



CEO

Pré Universitário, Engenheiro Informático, Programador Web, Grafic Designer

VAI QUERER VER TAMBÉM

COMENTÁRIOS

Copyright © 2016 - 2018 Bwé De Vibes Todos Direitos Reservados - Angola